segunda-feira, 9 de novembro de 2009

“Senhora” moralidade de pernas de fora


A “senhora” moralidade resolveu botar as pernas de fora, expulsando uma universitária que estava usando vestido curto. Acredite, um vestido curto causou a expulsão de uma acadêmica de Turismo – isso, em nome da “senhora” moralidade. Se a universitária chocou “poderosos”, com seu vestido curto, pelos corredores da Universidade Bandeirante de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, a “senhora” moralidade chocou, mais ainda, desfilando de braços dados com a 'merda' da ditadura, que, volta e meia, reaparece, em defesa dos “princípios éticos” e dos “bons costumes”.
Na verdade, não foi a estudante Geysi Villa Nova Arruda, 20 anos, aluna do primeiro ano do curso de Turismo, na Uniban, que mostrou mais do que devia. A partir da atitude da acadêmica, a direção da Universidade é que mostrou a cara nua, sem maquiagem de “exemplo de educação”. A ação repressora aconteceu, depois que Geysi foi estudar, usando um vestido curto.
Antes mesmo de ser expulsa, Geysi denunciou o fato à imprensa. Com a expulsão, anunciada pela direção moralista da Uniban, a 'merda' toda foi parar no ventilador, e até a imprensa internacional está divulgando essa vergonha.
Sabe o que mais me apavora, nisso tudo?... É que a estudante foi, primeiramente, hostilizada pelos próprios 'colegas', e, por isso, teve de sair escoltada por PMs da Universidade. Pelo visto, a Uniban está cheia mesmo de 'insetos moralistas”. A 'dedetização' é urgente!...
Imoralidade???? Imoral é o valor da mensalidade de uma universidade particular, isso sim. Imoral é o assassinato dos princípios educacionais.

Não quero acreditar que o Ministério da Educação vai se calar, diante disso. Se fizer de conta que nada viu, nada sabe, com essa, os talibãs se instalam definitivamente no Brasil.

A direção da Uniban (rima mesmo com taliban) resolveu dar marcha-à-ré, e “puxou o carro”, readmitindo a estudante... dá licença, tenho mais o que fazer!...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

De olho