sexta-feira, 1 de julho de 2011

Ironias da convivencia humana

Do outro, nós queremos:
- cumplicidade,
- respeito,
- confiança,
- alegria,
- dialogo,
- auxilio,
- silencio,
- tranquilidade,
- sacrificio,
- valorização,
- paciencia,
- companheirismo,
- segurança,
- perdão,
- inteligencia,
- colo,
- lealdade,
- decisão,
- otimismo,
- consideração,
- apoio,
- humildade,
- obstinação,
- compreensão,
- trabalho,
- reconhecimento,
- coragem,
- aceitação,
- força,
- solidariedade,
- o melhor,
- amor.

Para o outro, nós damos:
- distanciamento,
- desrespeito,
- insegurança,
- humilhação,
- intolerancia,
- traição,
- stress,
- indiferença,
- negativismo,
- incompreensão,
- abandono,
- acusação,
- medo,
- orgulho,
- ingratidão,
- asco,
- reclamação,
- fraqueza,
- discriminação,
- sarcasmo,
- frieza,
- desanimo,
- desconfiança,
- ofensa,
- desatino,
- rejeição,
- gritos,
- destruição,
- tristeza,
- egoísmo,
- o pior,
- desamor.

... E, ainda assim, chamamos tudo isso: convivencia humana (a mesma descrita, nos dicionarios, como “familiaridade, intimidade”)... Quanta ironia! – não acha?...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

De olho