sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

13 sexta-feira

Ah, depois de brincar de acreditar em Papai Noel, você não vai acreditar em azar agora, né?... Se acredita em azar, deve acreditar em sorte também... Porque hoje é 13 sexta-feira, eu pergunto: e daí?... Hoje é 13 sexta, amanhã será 14 sábado, etc etc etc e tal. E daí?...
Sei lá, gente, pode parecer descrença (e é, realmente, quanto a isso), mas não sou fã de superstições. Respeito as superstições e os supersticiosos, e, se não passo debaixo de escadas, é simplesmente por que tem alguma lata de tinta pendurada. Ah, também acredito que muitas coisas caem do céu: chuva, coco de passarinho, alguns raios, alguns aviões e asas deltas desgovernados. E só. Se creio em milagres?... Claro – a vida é um milagre único.
Num dia feito hoje (13 sexta-feira), tem muita gente que renova o estoque de amuletos e talismãs – haja tanta arruda, pra isso!... Mas tem muita gente também que fatura, neste Brasil carregado de superstições. A cada ano, camelôs e vendedores ambulantes investem mais no mercado supersticioso. São tantas “figuinhas”, chaveiros com talismãs, correntes e pulseirinhas de “proteção” - Nosso Senhor do Bonfim deve suar as fitas. Mas, a exemplo de qualquer 'filé de mercado', a superstição e os supersticiosos recebem atendimento vip, sempre com inovações – tem produtos para todos os gostos e desgostos, para alcançar graças, e fugir das desgraças da vida.
Ainda, sobre superstição, sinceramente, eu só não acho legal essa ojeriza por gato preto, principalmente em sexta-feira 13. Discriminação com os animais, racismo – a troco de que, gente?... Ninguém precisa exagerar. Deixa os gatinhos continuarem pretinhos, e engraçadinhos – o resto, nada a ver. Já vi gente pincelando de branco, um gato preto, numa sexta-feira 13. O que muda?... O que muda é o estranhamento do pobre felino, que, por algum tempo de desconfiança, se mantém afastado, já que não pensa, e, por isso mesmo, não pode preparar uma armadilha contra o inimigo que surge no dia 13 sexta-feira.
Se você gosta, ou não, de superstições, prepare-se: este ano, teremos mais sextas 13. Nem adianta se benzer, ou soltar palavrão. Calendário não pode ser alterado. Depois dessa de hoje, tem reprise, nos meses de abril e julho – dia 13 sexta-feira (batata!). Não há outro jeito: ou a gente encara a sexta-feira 13, ou é a própria sexta-feira 13 que encara, acompanhada de todas as superstições imagináveis. Tenha um bom dia!...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

De olho